Novo Ano!!!…

Novo 2011 - até 9.1 012Este ano, mais do que nunca peço a Deus que me ajude e me dê forças para poder ajudar os outros e a mim mesma…
 
…que me ajude, acima de tudo, a ter forças para crescer e não me deixar minar pelas dificuldades, medo, cansaço, cepticismo… pelas aparências!…
 
Preciso tanto continuar a acreditar e amar a vida e os outros…
 
Claro que gostaria, neste ano, de retomar alguma proximidade com a escrita. Mas cada vez compreendo melhor que, embora continue a ser tão importante para mim, não é prioridade.
 
Considero que, “Dar”, esse “dar” que preenche o dia a dia, procurando que seja despojado e verdadeiro que faça realmente bem aos outros, mesmo que por vezes pareça esgotar-nos, deve vir primeiro que a escrita…
…a escrita exige tempo, tempo que provavelmente esses outros precisam que se lhes dê…
 
Ao longo deste ano que passou, cada vez mais me fui apercebendo de que, ao invés da escrita, ou primeiro que ela, considero cada vez mais importantes os gestos, o tempo de mão na mão, olhos nos olhos, o tempo de sorrisos e lágrimas, de correria que seja, muitas das vezes,  mas em tudo isso, de verdadeira intenção e concretização… e não só de sonhos e desejos bem intencionados, verdadeiros também, mas que não chegam a poder ser praticados senão na nossa alma e na alma do papel… e isto estende-se a tanto na vida!…
…por isso, depois, só depois, então, a escrita: como reflexão, como produto, como resumo de, ou dessa concretização.
 
Estarei errada?
 
Sei que de alguma forma estou errada sim… e que me perdoe quem leio e que tanto me inspira e tem inspirado em tantos momentos da vida, essa vida que é tão preenchida também pelo que nos é dito, pela reflexão partilhada desses tantos que nos ajudam nesta nossa caminhada e nos fazem sentir menos sozinhos, ou que nos catapultam as ideias e nos elevam o espírito e a alma até não sei que dimensões e a quem sou profundamente grata!!!…
Que me perdoem porque a escrita pode ser, é muito mais do que aquilo a que neste momento estou a parecer reduzi-la… mas é o que preciso dizer a mim mesma, também, nesta fase de vida, leve ela o tempo que for preciso!…
 
…porque, no estabelecimento de prioridades e opções necessárias no percurso da nossa caminhada, sabemos que não podemos ter tudo. Temos encruzilhadas, diferentes troços de caminho…
… no percurso da nossa caminhada temos que fazer constantemente escolhas, opções… e elas implicam sempre ganhos e perdas…
… e quando escolhemos um caminho, nunca sabemos exactamente o que o outro nos ofereceria!!!
 
…mas essas escolhas, essas opções, são isso mesmo:” Escolha”, “Opção”! Não sacrifício, no sentido pejorativo que a palavra “sacrifício” possa conter.
 
É esta a minha “Escolha”, a minha “Opção”, o meu Dever, a minha Expressão de Amor…
 
…mas sei que, de alguma forma, vou escrever! Estou a escrever!!!
 
Obrigada, a quem me tem dado apoio e força – nas múltiplas direcções, nas escolhas necessárias do momento, nas partilhas a que não resisto….
 
Obrigada a quem acredita e me permite acreditar, ainda – na vida, nas pessoas… seja de que forma for!
 
Abraço a todos, cheio de ternura, carinho, amor… e um excelente 2014!… sem promessas e sem tempos.
 
Um momento de cada vez!
 
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

10 respostas a Novo Ano!!!…

  1. Célia Coimbra diz:

    Obrigada, Beluxa…Obrigada pelos teus textos, obrigada pela tua amizade, obrigada por seres quem és… FELIZ 2014.

    SEMPRE!

    Célia Coimbra

  2. Vicente diz:

    Olá Isabel,
    Tem toda a razão. Há que definir prioridades e ir gerindo o tempo conforme é possível, encaixando a escrita quando se tiver reflexão e inspiração.
    Este sistema de se ter um bogue, facilita um bom bocado, pois é um espaço privado, no sentido de que se tem a privacidade que se deseja e ao mesmo tempo é fácil de utilizar, sobretudo na perspectiva de poder dar a conhecer livremente o que se vai escrevendo a quem nos está a acompanhar.
    Bom ano cheio de boas realizações pessoais e profissionais.
    Com a amizade de sempre
    Vicente

    • É um querido, este meu amigo Manuel… sempre presente, incentivador, compreensivo, mas também crítico assertivo e, acima de tudo, acredito, AMIGO MESMO! Daqueles com quem se pode contar, nos momentos melhores e de boa disposição, como também nos momentos mais difíceis, onde não se perde em lamechices, mas diz com sinceridade o que pensa e não se inibe em apontar direções… aquelas em que acredita e que defende e com que posso não concordar, sem medo de perder a sua opinião com transparência.
      Agradeço a sua presença aqui desde o primeiro momento, Manuel.
      Um excelente ano para si, também, cheio do sucesso que procura sem falsos pudores e que merece!
      Um abraço muito amigo.
      Sempre,
      Isabel

  3. Não está errada, não Isabel! Está muito certa. A promessa que fiz a mim mesma foi a de, a cada dia que a vida me concede,r, ter a capacidade de me espantar com os pequenos nadas da vida.”Parecem pequenos nadas, mas como diz Tolentino de Mendonça ( Começar de Novo ) são fundamentals para que possamos, com os nossos pequenos gestos, ajudar o nosso eu interior, e assim darmo-nos por inteiro aos outros. Um beijinho muito carinhoso e muito obrigada por tudo o que me dá sempre que aqui venho. Com a minha sincera amizade pode contar sempre
    Emília

    • Minha querida Emília… que saudades destas partilhas de que tanto gosto!!!… e que bom voltar aqui e sentir os amigos!
      Obrigada… pelas suas palavras sempre tão carinhosas e próximas.
      Será que é este ano que vamos conseguir um encontro entre todos nós???
      Um abraço bem apertado, grata pela sua amizade que tanto aprecio.
      Sempre…
      Isabel

  4. Obrigada, Isabel, por este tempo que nos dedicaste. Mesmo bom ler-te. E… Como já te disse, não estás errada: há um tempo para cada coisa, a cada um o seu tempo. Que Deus te dê toda força que almejas neste ano que agora iniciou. Um grande beijinho
    Teresa

    • … e este texto foi para ti em primeira mão Teresa… só depois o compus para aqui como sabes. Uma tentativa de partilhar uma reflexão que quis reter. E é esta minha tendência de escrever dirigindo-me a alguém…. só assim consigo quebrar por vezes os meus silêncios!
      Obrigada a ti, minha amiga, por estares também sempre aí… e é tão bom!!!
      Abraço bem apertado!!!… e forte!!!
      Isabel

  5. Vicente diz:

    Olé Rainha Santa Isabel…ahaahah
    Se calhar até é mais virtuosa e pia que Sua Majestade…hhhmmmm…não me cheira muito a verdade a história das rosas no regaço em vez do ouro…
    Pois gostava de saber em que discorda de mim, pois é sempre interessante apurarmos o carácter pela transformação e acolhimento da opinião dos outros.
    Eu sei que sou lunático e estou sempre a olhar para o outro lado da vida, aquele que me traz alegria se bem que tenha tristeza, o que me traz paz quando estou em guerra e o que me inspira para tornar a rotina numa novidade a cada dia.
    Temo que resvale de vez em quando, senão mesmo permanentemente, para a excentricidade e um grão de loucura, mas o que quer? Cada um é como cada um!
    Por isso, quando me puxam as rédeas e me trazem à realidade, fico agradecido.
    Um beijinho amigo
    Vicente

    • Estava a minha resposta já longa, quando, pffft, desapareceu de cena como que por mistério!…. estava a dizer e fazer asneira, com certeza…
      …mas, não querendo deixá-lo sem resposta (não merece), dificilmente lhe digo “agora” o que possa discordar de si!!!
      Eu, a tecer-lhe os maiores elogios e o Manuel preocupado no que possa especificamente discordar de si! LOL…
      Fica prometido (e eu não gosto de prometer e faço-o raramente) que numa primeira oportunidade que tenha de discordar de alguma coisa que “diga”, ou “escreva”… mostrarei um DISCORDO assertivo, com dissertação justificativa, de forma a poder continuar a apurar o seu “carácter pela transformação e acolhimento da opinião dos outros.”!!! Que possa assim contribuir para o seu enriquecimento pessoal!!! LOL…
      … mas por favor…. não me chame, nem “santa”, nem “virtuosa” e muito menos “Pia”!!! ahahahah
      …depois, para terminar por hoje… não me parece que seja “lunático”… e até me parece bom que consiga “olhar para o outro lado da vida, aquele que lhe traga alegria se bem que tenha tristeza, o que lhe traga paz quando estiver em guerra e o que lhe inspirar para tornar a rotina numa novidade a cada dia”!…
      BOA!!!!
      …e com tanta qualidade acrescida nesta sua reflexão que considero positiva, atrevo-me a perguntar-lhe no depois…”e quem não resvala???”…
      No que me toca, hoje, mais do que nunca aceito a minha humanidade com todos os erros que cometo (e são muitos, acredite), mas de que procuro ter consciência e usar como forma de aprendizagem! mas zango-me comigo, sim!!! e com os outros também, acredite!!!
      Deixo-o por hoje, por aqui… e, agora, falando mais seriamente, reforço todos os elogios que lhe fiz e que merece.
      Assim que discorde, disserto!!!
      Um abraço bem disposto e grato.
      Sempre,
      Isabel

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s