Uma Rosa

Ontem foi um dia especial. Pude conhecer a Teresa Ferreira “ao vivo”, ou seja,  fora da Blogosfera… fora do “optimismo em construcção” e dos comentários que lemos neste e noutros blogues.
…e foi como se a conhecesse há anos!
.
Deixo aqui ficar como recordação, a rosa que, delicada e carinhosamente me ofereceu e que significou muito mais do que posso traduzir em palavras.
Em casa, coloquei-a à janela…
.
Obrigada, uma vez mais Teresa!
Já nem sei o que dizer!
Possa eu retribuir tanta generosidade de espírito e tanto empenho em partilhar!
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

7 respostas a Uma Rosa

  1. Teresa Ferreira diz:

    Amigo

    Mal nos conhecemos
    Inaugurámos a palavra «amigo».

    «Amigo» é um sorriso
    De boca em boca,
    Um olhar bem limpo,
    Uma casa, mesmo modesta, que se oferece,
    Um coração pronto a pulsar
    Na nossa mão!

    «Amigo» (recordam-se, vocês aí,
    Escrupulosos detritos?)
    «Amigo» é o contrário de inimigo!

    «Amigo» é o erro corrigido,
    Não o erro perseguido, explorado,
    É a verdade partilhada, praticada.

    «Amigo» é a solidão derrotada!

    «Amigo» é uma grande tarefa,
    Um trabalho sem fim,
    Um espaço útil, um tempo fértil,
    «Amigo» vai ser, é já uma grande festa!

    Alexandre O’Neill

  2. João Nuno diz:

    Gestos de alma cheia que espero também em breve viver.
    Um abraço de amizade.
    JN

  3. Marcolino diz:

    Olá, bom dia, Isabel!
    Aina não tive esse prazer de conhecer pessoalmente a nossa Amiga, comum, Teresa Ferreira mas, desde a primeira hora, visitando o seu antigo Blogue, «descobrirafelicidade», senti que tinha algo de muito especial no seu intimo. Mais tarde reforcei esta minha sensação ao sabe-la minha conterrênea.
    Sim, ela tem requinte, basta olhar a flôr que lhe ofereceu!
    Obrigado pela sua visita ao meu blogue!
    Abraço
    Marcolino

  4. Nucha diz:

    Isabel,
    É, ou não é, uma sorte conhecer uma mulher como ela????
    Boa…fico com inveja mesmo porque tenho saudades dela ao vivo e a cores.
    Abraço às duas.
    Nucha

    • Mais do que sorte, é uma dádiva de Deus.
      Acho que nada acontece por acaso e eu estou muito feliz por ter podido conhecê-la na blogosfera e ao vivo e sinto-me priveligiada e honrada com a sua amizade…
      …e não precisa ter inveja, Nucha! ;)… o coração dela é tão grande…
      …não são precisas mais palavras, pois não? além de que a Teresa fica “encabulada”!… embora precise habituar-se a estas manifestações de apreço e carinho que tanto merece!
      Obrigada Nucha. Também fico mt feliz por tê-la por aqui… assim como de avisitar no seu blog
      Abraço para si, desejando-lhe tudo de bom
      Isabel

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s